Cidade


O Folha tem acompanhado o imbróglio envolvendo à Delegacia de Polícia. No temporal do dia 29 de outubro, parte da estrutura foi destelhada durante o vendaval, impossibilitando o atendimento ao público, além de prejudicar os trabalhos policiais. Devido a demora do Estado em tomar providências, empresários e entidades do município resolveram assumir parte dos trabalhos, para dar condições de funcionamento à Delegacia.

Em breve, será nominada a lista de apoiadores e um agradecimento público por parte da Polícia Civil. De acordo com o inspetor Lauro Telles, o contato junto a Secretaria de Obras do Estado foi constante, no sentido de alguma ação ser tomada. O processo em relação a restauração segue moroso, por se tratar de uma questão essencialmente burocrática. A preocupação era de que mais danos fossem causados, pois o telhado permaneceu danificado desde o temporal - o que poderia agravar a situação do prédio.

Através do vereador Diego da Rosa Cruz, Guiga (Progressistas), que intermediou contato com o empresariado local, foi possível garantir a restauração da cobertura da Delegacia, para impedir que a chuva faça novos estragos.

Apesar da obra, o processo licitatório junto ao Governo do Estado seguirá, pois ainda serão necessários outros reparos que vão demandar recursos. 

Post a Comment

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Postagem Anterior Próxima Postagem

Anuncie aqui

header ads

Anuncie aqui

header ads

Anuncie Aqui

header ads