Vinhos, Aromas e Sabores - FOLHA DA CIDADE

Ultimas

Post Top Ads

Post Ads

29 de dezembro de 2018

Vinhos, Aromas e Sabores


Uvas viníferas nobres

 Convencionou-se chamar assim todas as variedades viníferas que apresentam grande potencial vínico.

 Em fins da década de 60, quando o vinho nacional começou a ganhar nome junto aos principais centros consumidores do país e aumenta seus volumes comercializados, introduzem-se as primeiras variedades nobres, que tiveram grande difusão até 80, quando surge mais fortemente no mercado o vinho varietal, e com ele chegam novas variedades.

Condições da adega 

Temperatura - A temperatura ideal, no qual será perfeitamente conservado e terá evolução lenta e gradual, é de 10 a 13 graus. O que exige alguns bons equipamentos e pode demorar de certa forma o serviço rápido dos vinhos tintos, que devem ter a temperatura de serviço situada entre 16 e 18 graus.

Luz - Longe de janelas ou paredes externas, a adega deve ser iluminada com Luz artificial.

Umidade - O ideal é a umidade compreendida entre 60 e 70%. Muita umidade deteriora os rótulos e facilita a criação de mofos. Baixa umidade resseca a rolha.
Arejamento  - Uma adega deve ser arejada para evitar acúmulo de odores que possam ser absorvidos pela rolha.

Temperatura do vinho

 A temperatura favorece ou prejudica a apreciação dos aromas e sabores. O comportamento dos diversos tipos de vinhos em relação à temperatura é o seguinte :

Espumantes - São servidos mais frios. A baixa temperatura enaltece os aromas, permite o lento desprendimento do gás e os torna menos agressivos. A faixa é de 4 a 6 graus.

Vinhos brancos adocicados ou demi-sec  - ocupam a segunda faixa, situada entre 6 e 8 graus. Estes vinhos devem ser servidos bastante frios, pelo açúcar, que amacia o sabor.

Vinhos brancos secos - De 8 a 12 graus, os muitos jovens servidos na faixa inferior, pelo efeito da acidez, mais presente, e os maduros na superior.

Vinhos rosados secos - 11 a 14 graus , ou seja, numa faixa intermediária entre brancos e tintos.

Vinhos tintos jovens - 14 e 16 graus, esfriados ressaltam sua vinosidade.

Vinhos tintos de guarda ou envelhecidos - de 16 a 18 graus, para ressaltar sua tonicidade, que aparece com maior força a temperatura mais baixa.

Nenhum comentário:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Post Ads