Rádio Upacaraí

25 de janeiro de 2018

Por que tantos resultados de água imprópria?


 Este ano tem sido atípico, com relação aos laudos da Fepan, indicando que as águas de nosso histórico balneário estão impróprias para o banho, embora, em todas as temporadas sejam registrados resultados semelhantes em algum período. Então, porque este ano, nenhum resultado foi positivo? 

 É o que nós perguntamos ao gerente local da Corsan, Cleber Machado, visto que é a Corsan quem faz a coleta das amostras de água e as respectivas análises, encaminhando, posteriormente os resultados à Fepan, que por sua vez publica os resultados. Não existe, pelo menos por enquanto, nenhum estudo que indique o porquê da água junto à praia estar com os índices de coliformes fecais muito acima do limite aceitável, mas Cleber disse que, como os coliformes fecais são oriundos de fezes humanas ou de animais, algum fator ligado a isto deve existir para que os índices estejam tão elevados. 

 Ele mesmo já presenciou carroceiros lavando pelegos, os cavalos e cachorros na área destinada ao banho, na praia. Outro fator que pode estar influenciando são os banheiros das lancherias, das casas ali existentes e do próprio banheiro público junto à praia. Como não existe rede de esgoto no local, mesmo havendo fossas, a água se infiltra no solo, que é bastante arenoso, e pode alcançar o rio. Outro motivo de as análises estarem indicando alto índice de coliformes fecais pode estar relacionado ao seguinte fato: seguidamente é possível ver motoristas lavando caminhões boiadeiros no Arroio do Salso, ao lado da estrada que vai para a localidade de Passo Fundo. Como nestes veículos existe um grande quantidade de fezes de bovinos, toda esta sujeira acaba indo para no Rio Santa Maria, o que poderá estar contribuindo para que a água do rio esteja apresentando estes resultados.

 De qualquer forma, talvez seja necessário que uma investigação seja feita, no sentido de detectar os reais motivos que estão levando a água do rio apresentar uma qualidade tão ruim, afinal de contas, além de refrescar o calor dos banhistas que, a despeitos dos avisos, continuam a se banhar nestas águas contaminadas, ela é a mesma água captada pela Corsan e que vai parar em nossas torneiras, claro, depois de tratada.

0 comentários:

Copyright © FOLHA DA CIDADE | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top