12 de abril de 2019

Exclusivo: 80 pessoas já foram ouvidas em audiências referentes à Operação Inferno de Dante

Operação deflagrada em agosto do ano passado (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

A semana iniciou com uma grande mobilização policial na cidade. Diversas viaturas da Brigada Militar foram vistas pelas ruas de Dom Pedrito, principalmente no entorno do Fórum local. Tudo isso para garantir a segurança da população, pois iniciavam as audiências de instrução referentes à Operação Inferno de Dante, deflagrada em agosto de 2018 no Presídio Estadual de Dom Pedrito e em outras casas prisionais do Estado (Bagé, Rosário do Sul, Pelotas, Caxias do Sul, São Borja, São Gabriel e Montenegro). O foco da ação foi em Dom Pedrito, devido a uma rebelião ocorrida em março, que resultou na morte de um detento. Na ocasião, ao todo foram cumpridos 30 mandados de prisão, além de quatro mandados de busca e apreensão.  

De acordo com o delegado André de Matos Mendes, as investigações apontaram que o objetivo dos detentos era matar dois presos considerados inimigos do chefe de uma organização criminosa, que domina o pavilhão onde ocorreu o motim.

Durante as investigações, foram analisadas imagens de câmeras de segurança e mais de 100 pessoas foram ouvidas pela Polícia Civil. “Foram identificados, ao todo, 31 detentos envolvidos no ato criminoso", disse o delegado.

As audiências desta semana e da próxima

Com relação ao processo do motim no presídio - são 30 apenados indiciados por um homicídio triplamente qualificado, 42 tentativas de homicídio qualificadas, motim, danos ao patrimônio público e organização criminosa.

De acordo com informações exclusivas obtidas pela reportagem do Folha, já foram ouvidas, de maneira presencial, todas as pessoas de Dom Pedrito e duas de Rosário - cerca de 80 pessoas, entre vítimas, testemunhas e acusados.

Na próxima terça-feira (16) recomeçam as oitivas, via videoconferência, dos 29 acusados, presos em diversos presídios do Estado, com previsão de encerramento na sexta-feira (19). Ainda conforme informações apuradas pela reportagem, seis dos acusados constituíram advogados particulares.

0 comentários:

Postar um comentário

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Copyright © FOLHA DA CIDADE | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top