Buscar

Vigilância Ambiental realizou mais de 28 mil visitas em 2021



A Prefeitura publicou um balanço do trabalho da Vigilância Ambiental da Secretaria da Saúde, em relação ao trabalho de monitoramento e prevenção ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. As três doenças já foram registradas em Dom Pedrito.


A equipe de Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde, tem atuado incansavelmente no combate a proliferação do mosquito Aedes aegypti no município, através de diversas iniciativas que visam eliminar focos e orientar a população para evitar novas ocorrências.

Os profissionais destacam de maneira positiva, a forma muito gentil que estão sendo recebidos pela comunidade, visto que que a intenção do trabalho não é punir com multas e sim resolver de maneira que ninguém seja prejudicado por esse grave problema de infestação. Relatório das atividades da Vigilância Ambiental em 2021 - Foram realizadas 28.605 visitas a imóveis públicos e privados, sendo encontradas 182 amostras de larvas do mosquito Aedes aegypti e 383 amostras de larvas do mosquito culex; - Foram recolhidos ao Ecoponto, pneus de automóveis e caminhões, de locais públicos e de imóveis particulares a pedido de seus proprietários, eliminando assim muitos focos de mosquitos; - Foi realizado com larvicida biológico o tratamento contÍnuo de bocas de lobo do bairro centro, no quadrante formado pelas ruas: 21 de Abril, Conde de Porto Alegre, Oswaldo Aranha e Major Alencastro da Fontoura; - Aplicação de UBV (Fumace) em quatro pontos da cidade para evitar novos casos de zika vírus, chikungunya e dengue; - Implantação do programa de protocolo de reclamações da comunidade direta com nossos Agentes de Combate a Endemias, ou seja, nossos agentes na ocasião da visita ao imóvel no Programa Nacional do Controle da Dengue, anotam reclamações diversas da comunidade e uma vez na semana, os agentes procuram o protocolo da Prefeitura e formalizam essas reclamações, para que o setor responsável resolva; - Foi resolvido o problema do lixão particular na rua Alberto Fernandes; - Cemitério Municipal foi adequado e não aceita mais o uso de objetos que possam servir de criadouro de mosquitos; - Foram realizadas também atividades relacionadas ao controle da Doença de Chagas, através de Pontos de Identificação de Triatomíneos (PIT) em diversas localidades rurais do município; - Não foi aplicada nenhuma multa no ano de 2021, somente advertências para solução de problemas relacionados a focos de mosquitos.

21 visualizações0 comentário