Buscar

Taquarembó: passo importante para a retomada será dado, mas obra vai ficar para 2022


Foto: Gabriel Bueno/Folha da Cidade

Está marcado para 30 de novembro, às 9h, o pregão eletrônico para contratação de uma empresa que deverá finalizar o termo de referência para execução da obra da Barragem do Taquarembó. O termo de referência ou o projeto básico é o documento, elaborado a partir dos estudos técnicos preliminares, deve conter os elementos necessários e suficientes, com nível de precisão adequado, para caracterizar o objeto da licitação.


A reportagem conversou com o presidente da Associação dos Usuários da Água da Bacia Hidrográfica do rio Santa Maria (AUSM), Edison Silva, que explica que o termo de referência será levado a termo através de um levantamento minucioso e planilha de gastos atualizada quanto ao que ainda falta em termos de execução da obra. “Com esses prazos, fica comprometido o que falou o secretário de Obras, José Stédile, quando esteve em Dom Pedrito, que pretendia estar com uma empresa (executora) licitada e contratada até o final do ano”.


A obra, por óbvio, vai ficar para 2022, sendo que a empresa contratada para elaborar o termo de referência deverá levar de dois a três meses para elaboração, posteriormente, seguirá o processo de licitação da empresa executora.


“À conclusão de tudo, até contrariando o secretário de Obras, imagino que estaremos com a empresa executora contratada em meados de junho de 2022, antes é até impossível por essa parte burocrática que precisa ser cumprida”, diz Edison.

O processo licitatório segue o rito previsto em lei.


Quanto à Barragem do Jaguari, as obras seguem ocorrendo. As duas estruturas compõem o mesmo complexo hídrico.

186 visualizações0 comentário