Sepultura danificada por fogo no Cemitério Municipal


Antes - depois

O fato chegou ao conhecimento da reportagem da Folha na manhã desta segunda-feira, dia 10. Conforme relato de uma leitora, ela foi até a gaveta onde está sepultada sua mãe, junto ao Cemitério Municipal, na manhã deste domingo, e se deparou com um dano causado por fogo (veja o antes e o depois na imagem que ilustra a matéria). O assunto já estava gerando repercussão nas redes sociais ainda no domingo.


Segundo ela, a despeito de outras ações de vandalismo, é a primeira vez em que ela presencia dano causado por fogo. Ainda, em conversa com um servidor da capela, o mesmo teria dito que “não há muito o que fazer”.


A reportagem entrou em contato com o administrador do Cemitério, José de Mello Azambuja (Pastor Preto), que salientou que o fato não se trata necessariamente de vandalismo, mas de um acidente causado pelas velas acesas no local. Devido ao calor e ao vento, o fogo pode atingir as flores artificiais, consequentemente, atingindo as gavetas.


Embora o vandalismo seja um problema recorrente, ultimamente não há registro de danos no local. Preto salienta que há impossibilidade de um vigia permanecer junto ao Cemitério durante a madrugada, a solução seria o cercamento eletrônico da área, o que possivelmente coibiria ações criminosas.

1.193 visualizações0 comentário