Prefeitura entrega mais um poço para abastecimento em São Sebastião



A junção de esforços do corpo técnico da Prefeitura e dos titulares da Secretaria de Obras, Clodoaldo Santos e do Planejamento, Luciane Moura, estiveram ao longo dos últimos meses desenvolvendo um complexo projeto de reativação do poço da antiga Estação Férrea da vila de São Sebastião, com 149 metros de profundidade, perfurado em 05/07/1977, com capacidade de captação de 3.500 litros/hora.


Os custos de reativação chegaram a R$ 56 mil, englobando: limpeza, desobstrução e desincrustação; instalação de bomba e tubulação edutora; hidrômetro; grade de proteção; quadro de comando elétrico com poste; sistema de tratamento de água através de cloro; limpeza de reservatório de 7 mil litros em alvenaria; 500 metros de nova rede de distribuição de água; e reservatório de 20 mil litros em fibra de vidro, a ser instalado após aquisição de estrutura metálica elevada (torre para reservatório).


O geólogo da Prefeitura, Bruno Menegon, relata da importância do investimento para comunidade de São Sebastião, pois os aspectos construtivos do poço cumprem as normativas ABNT (NBR 12.244/1992 e NBR 12.212/1992), havendo ainda os cuidados com os aspectos sanitários e de controle que são os vistos pela população em geral.


Menegon explica que todo sistema de captação e tratamento de água com cloro é automatizado, não necessitando de intervenção humana, com tecnologia de ponta e que todos os parâmetros químicos/físicos/biológicos estão dentro das normas vigentes sendo os parâmetros biológicos e físicos monitoras pelo SISAGUA/VIGIAGUA mensalmente, garantindo sua potabilidade e excelência, até mesmo enquadrando como Água Mineral Fluoretada (capaz de reduzir em média 35% de cárie dentária em dentes decíduos e em 26% de cárie dentária em dentes permanentes).


Por fim, Menegon garante o fornecimento de água para a comunidade de São Sebastião com a reativação do Poço da Estação Férrea, pois somando-se aos outros dois poços da comunidade, são projetados o fornecimento de 6.000 litros/hora, sendo necessário, segundo a ONU (Organização das Nações Unidas), para garantir as necessidades humanas, 110 litros/pessoa de água por dia.

78 visualizações0 comentário