Polícia Civil deflagra operação Fênix em Dom Pedrito



A Operação Fênix, deflagrada na manhã desta quarta-feira (15) pela Polícia Civil com apoio da Brigada Militar, resultou em oito prisões. Segundo a delegada Jusicléia de Oliveira, a ação é resultado de diversas investigações e operações já realizadas. A intenção da operação é impedir que grupos criminosos que já foram alvos de ações policiais retomem as atividades ilícitas. Ao todo, foram cumpridas 25 ordens judiciais, seis mandados de prisão preventiva e 19 mandados de busca e apreensão. Durante a ação foram apreendidos um quilo de cocaína, crack, maconha, celulares e dinheiro.


O inspetor Lauro Telles informou que a polícia realizou diversas ações durante o ano e, com base nisso, foram captados dados para as investigações. ele destacou a redução nos índices criminais em Dom Pedrito, o que é resultado de ações efetivas das forças de segurança.


Foram apreendidos:

850 gramas de Cocaína;

03 Pedras de Crack pesando 22,57 gramas

30 Gramas de Maconha

09 Telefones Celulares;

01 Rolo de Papel insulfime

04 Cartões Magnéticos de Bancos diversos;

02 Pen Drives;

02 Balanças de Precisão;

02 Cadernos de Anotações;

01 Motocicleta Yamaha Factor Preta

R$ 5424,85 Reais em cédulas e moedas


Em nota, a Polícia Civil informou sobre a operação, confira abaixo:


A Operação Fênix surge no momento em que as forças de segurança de Dom Pedrito, em especial a Polícia Civil, colhem os frutos do esforço em manter os níveis de violência na cidade em índices abaixo das médias dos anos anteriores. Nunca na história conhecida da cidade passaram-se mais de 12 meses sem que fossem registrados homicídios.

Na esteira desse trabalho a Delegacia de Polícia de Dom Pedrito não tem medido esforços para investigar e levar ao conhecimento do Poder Judiciário todo e qualquer fato criminoso que possa alterar o controle da criminalidade alcançado pela Segurança Pública, especificamente os crimes contra a vida e os crimes contra o patrimônio cometidos com violência ou grave ameaça à pessoa.

Nos últimos anos, com o apoio operacional da Brigada Militar, parceira de nossas ações, dezenas de criminosos perigosos e pessoas ligadas a eles foram presas, suas organizações criminosas enfraquecidas ou desarticuladas. As ações policiais exitosas trouxeram com elas o restabelecimento da ordem pública, no entanto, também trouxeram um aumento da violência contra policiais por parte da criminalidade. Policiais foram vítimas de tentativa de homicídio, atentados à bomba e ameaças contra suas vidas.

Apesar dos esforços policiais, estas organizações costumam se reorganizar e tentar retomar seus territórios e suas atividades criminosas e nestes últimos meses, vários indivíduos foram presos, armas e drogas apreendias. As investigações foram então dirigidas à atuação destas células criminosas, delineando suas atividades e as pessoas que delas participam.

A Operação Fênix, que faz referência ao pássaro lendário da mitologia grega, que morria, mas depois de um tempo renascia das próprias cinzas, foi desencadeada justamente para debelar a tentativa de reorganização destes grupos criminosos, os quais tentam mostrar força ante ao sucesso do trabalho policial. Durante as ações policiais feitas nos últimos meses, novos episódios de ameaças à vida de agentes da Segurança Pública foram verificadas, mas sem sequer diminuir o ímpeto do nosso dever que é servir e proteger.

Foram cumpridas na Operação Fênix 25 ordens judiciais, sendo 06 medidas de prisões preventivas e 19 mandados de buscas, a maioria na cidade de Dom Pedrito. Todos os presos e pessoas investigadas são ligadas ao tráfico, crimes contra a vida, roubo e porte de arma.







3.893 visualizações1 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo