Poço de captação de água reativado para abastecimento da Vila de São Sebastião

Num esforço da gestão municipal, através das secretarias de Planejamento, Gestão Estratégica e Meio Ambiente e Obras, Viação e Serviços Públicos, foi elaborado um projeto de reativação do poço de captação de água profunda na Vila de São Sebastião, numa estrutura que fica junto à antiga estação férrea e estava inoperante há vários anos. De acordo com Bruno Menegon, geólogo e diretor do Departamento de Meio Ambiente, foi realizada uma análise técnica do histórico do poço junto ao Sistema de Informações de Águas Subterrâneas, onde constatou que a perfuração do poço ocorreu em 05/07/1977, com a profundidade de 149 metros, sendo utilizado para abastecimento de água da estação férrea da vila. Após rompimento da tubulação interna, a captação do poço foi interrompida pela perda da bomba e obstrução de aproximadamente 15 metros finais do poço. No final de 2021, o geólogo realizou uma vistoria do local junto com o secretário de Obras, Clodoaldo dos Santos, oportunidade em que se constatou que a estrutura de captação de água estava obstruída com resíduos. O próximo passo da gestão foi realizar a contratação de uma empresa especializada para limpeza e desobstrução do poço, trabalho que ocorreu em fevereiro de 2022, tornando o poço apto a receber tubulação. . O projeto, elaborado pelo corpo técnico da Seplan está sendo executado pela equipe da Secretaria de Obras, com a instalação de nova bomba, construção de estrutura e da rede de distribuição. O projeto de instalação das estruturas do poço foi finalizado no dia 16 de março, ficando, assim, apto para captação de água à comunidade de São Sebastião conforme as normas da ABNT NBR 12.2012/92 e NBR 12.244/06. No momento a Secretaria de Obras trabalha na instalação da rede de distribuição de água e a Prefeitura está na espera da análise físico-químico e biológica de água pela Corsan. Esse novo poço reforçará o abastecimento de água que é feito pela Prefeitura, sem custo aos moradores.



116 visualizações0 comentário