Buscar

Nomes de ruas prestam homenagem a Borges Acosta e Sargento Ulisses



O vereador Ivo Martins Eguilhor (PDT) foi o autor dos Projetos de Lei que denominam ruas com os nomes do ex-vereador Borges Acosta e do policial militar da reserva sargento Ulisses, falecido em fevereiro de 2020.


Eguilhor conta que contou com a parceria da empresa administradora do residencial Cerejeiras, que disponibilizou as vias para que recebessem o nome dos homenageados. Na sexta-feira (26), uma cerimônia marcou a homenagem proposta pelo parlamentar. Eguilhor reuniu familiares, amigos e ex-colegas de Borges e Ulisses para prestar a homenagem.


A rua Vereador Borges - Advogado e Vereador, fica situada ao sul com a Joana de Assis Brasil, ao norte com propriedade particular pertencente a Élio Coradini, e a leste e oeste com terrenos do Cerejeiras.


Sobre Borges Acosta



Luiz Alberto Borges Acosta era natural de Santana do Livramento, nascido em 14 de março de 1947. Atuou como sargento da Brigada Militar por 24 anos, passando para a reserva remunerada em 2000, quando foi eleito vereador. Ele ocupou cadeira no Legislativo por dois mandatos e foi presidente da Câmara de Vereadores em 2008.

Além parlamentar e militar da reserva, Borges era advogado e prestava auxílio jurídico gratuito para pessoas carentes. Também auxiliava pessoas que necessitavam de tratamento de saúde, com encaminhamento a uma casa de abrigado na cidade de Porto Alegre.


Borges Acosta faleceu em Dom Pedrito, no dia 19 de dezembro de 2009 com 62 anos.

Já a rua Sargento Ulisses - Policial Militar situa-se, ao norte com a rua Três de Outubro, ao sul com a Joana de Assis Brasil, a leste com terrenos do Cerejeiras e a oeste com a rua Alberto Duarte Fernandes.


Sobre Sargento Ulisses



Ulisses Ubiratan Flores da Cunha era natural de Dom Pedrito, nascido em 18 de fevereiro de 1959. Trabalhava como taxista até ser incluído nas fileiras da Brigada Militar, vindo a servir em Dom Pedrito por aproximadamente 30 anos. ele ingressou na reserva remunerada em 2007. Ele também trabalhava como eletricista.


O sargento Ulisses é lembrado por amigos e ex-colegas como um policial exemplar e voltado a servir as pessoas. Destacou-se por ser extremante operacional. Atuou no policiamento ostensivo e no Grupo de Operações Especiais (GOE), mas concluiu a carreira na Patrulha Tático Móvel (Patamo), grupo em que trabalhou por muitos anos.

Ulisses faleceu em Dom Pedrito no dia 26 de fevereiro de 2020, aos 61 anos vítima de um infarto.




531 visualizações0 comentário