Mutirão de limpeza retira grande quantidade de lixo de terreno na Alberto Fernandes



Seguidamente, o Folha da Cidade publica matérias falando sobre lixões a céu aberto em diversos pontos do município. Na tarde desta segunda-feira (13), um mutirão de limpeza retirou grande quantidade de lixo depositados em um terreno situado na rua Alberto Fernandes. A ação contou com a participação da Ansus - que providenciou o serviço voluntariamente, Secretaria de Obras, Viação e Serviços Públicos, Secretaria de Agricultura e Vigilância Ambiental.


Há alguns meses, Guiomar Alves Vargas, servidor do Ministério da Saúde que atua na Vigilância Ambiental, durante vistorias com objetivo de identificar focos do Aedes Aegypti, recebeu denúncias de moradores. A partir disso, procurou o gabinete do vereador Junior Rodrigues, que buscou contato com a Ansus, através dos supervisores no município, Silvio Rodrigues e Gilberto Alves.


Logo após receber o pedido do vereador, Silvio procurou o secretário de Obras, Clodoaldo dos Santos que se prontificou em ajudar, bem como o secretário de Agricultura, Antônio Carlos Vicente e Silva (Perico), que disponibilizou uma retroescavadeira. Já a Ansus disponibilizou uma caçamba para a remoção do material até a unidade de transbordo da empresa.


Guiomar Vargas frisou que aproximadamente dez lixões foram alvos de mutirões de limpeza, resultando em toneladas de lixo recolhido. Vários pontos de descarte irregular de lixo foram identificados e a Ansus providenciou a limpeza de forma voluntária. Houve um acordo, com os moradores, segundo Guiomar, em que os moradores se comprometeram em não depositarem lixo no local, caso contrário, serão autuados pela Vigilância Ambiental.


Já Silvio destaca que, mesmo não sendo atribuição da Ansus esse tipo de serviço, ele e Gilberto têm apoio da diretoria da empresa para realizarem os trabalhos. "Sempre que identificamos depósitos irregulares de lixo, eu comunico meus superiores que prontamente me autorizam a realizar a limpeza. Para isso utilizamos maquinário da Ansus e buscamos parceria com o poder público", completou.


A dupla finaliza destacando a importância dos cuidados por parte dos moradores. "Nesse local encontramos dois focos do Aedes Aegypti. Não adianta haver a limpeza a população não se conscientizar", salienta Guiomar.




190 visualizações0 comentário