Juiz e promotor que atuam em Dom Pedrito participam de júri que condenou homem que assassinou menina



O juiz titular da 2ª Vara da Comarca de Dom Pedrito, Diego Locatelli e o promotor de Justiça Diogo Taborda Gomes, que atua junto ao Ministério Público do município, participaram, nesta quinta-feira (9), do júri que condenou Douglas de Oliveira, 31 anos, réu por ter assassinado, em junho de 2020, a jovem Ana Carolina Vinholes de Meneses Morais, de apenas 12 anos. O crime ocorreu em Santana da Boa Vista e chocou o Estado.


Locatelli presidiu os trabalhos enquanto Taborda atuou na acusação.


Douglas foi condenado a 41 anos, 5 meses e 10 dias de reclusão.


O júri foi acompanhado pelos familiares da vítima.


Sobre o crime


Para atrair Ana Carolina para dentro da casa dele, Douglas mentiu para a criança. Foi o que relatou em depoimento à Polícia quando a investigação foi concluída. O homem, vizinho da família da garota, contou aos policiais ter dito para a menina que a mãe dele, que é costureira, estava na residência e, por isso, ela entrou na moradia. Na sequência, conforme a delegada Débora Dias, a vítima foi atacada, estuprada e morta.



2.635 visualizações0 comentário