Governo torna opcional o uso de máscara ao ar livre; vereador sugere ampliação para locais fechados



O Gabinete de Crise para o Enfrentamento à Covid-19 no Rio Grande do Sul, acolhendo nota técnica do Comitê Científico e do Centro de Operações e Emergência em Saúde (COE), decidiu pela desobrigação do uso de máscara em ambientes ao ar livre. A decisão foi divulgada em reunião conduzida pelo governador em exercício Ranolfo Vieira Júnior na tarde de terça-feira (15).


De acordo com a nota técnica, a desobrigação da máscara em espaços abertos e onde haja possibilidade de distanciamento se baseia nos indicadores epidemiológicos atuais de redução de internações e a progressão da vacinação no Estado.


“A desobrigação da máscara em locais abertos permite que a decisão pelo uso seja individualizada. Não é uma recomendação ou uma liberação, mas sim uma possibilidade que se apresenta diante do momento em que vivemos, com o avanço da vacinação e a redução dos indicadores da pandemia. É importante lembrar que a adesão à vacinação é essencial para que possamos continuar no caminho de retomada para a normalidade”, disse Ranolfo.

Os técnicos ressaltam, no entanto, que o quadro epidemiológico da Covid-19 continua requerendo esforços para evitar contágio. Por isso, segue recomendado fortemente o uso de máscara, mesmo em locais abertos, para pessoas com comorbidades ou que estejam apresentando sintomas gripais.


A máscara também é recomendada para ambientes abertos durante situações de risco aumentado, como em locais sem distanciamento ou em longos períodos de exposição, como shows e estádios de futebol. Em ambientes fechados, a máscara continua de uso obrigatório.



Dom Pedrito poderá desobrigar o uso de máscara também em locais fechados

Vereador Junior Rodrigues é o autor da indicação

Em Dom Pedrito, o vereador Junior Rodrigues (Progressistas) havia encaminhado uma indicação ao Executivo solicitando a análise da possibilidade de flexibilização do uso da máscara em locais abertos. Entretanto, em razão do decreto estadual, automaticamente o município passa a desobrigar o uso da proteção. Cidades da região, como Bagé, desobrigaram o uso de máscara também em locais fechados.


Rodrigues informou à reportagem do Folha que, diante da normativa estadual, reformular sua indicação inicial, sugerindo que o município passe a tornar opcional o uso da máscara também em locais fechados. " Essa melhoria vem sendo constante. Ao ponto que se avança com a vacinação, os números de casos ativos acabam caindo. Entendemos que é momento de repensarmos algumas situações. Precisamos avançar gradativamente", salientou.


O vereador manifestou apoio aos trabalhadores do comércio, que precisam utilizar a máscara por longos períodos. "Nós também temos essa preocupação com o incômodo gerado pela máscara às pessoas que usam a proteção por muito tempo, mas também não podemos descuidar da saúde desses trabalhadores" destacou.

458 visualizações0 comentário