Escola Bernardino Ângelo identifica problema em parte da marquise do prédio



Na tarde desta quinta-feira (10), um leitor do Folha da Cidade, ao levar seu filho na escola Bernardino Ângelo se deparou com uma área isolada na entrada do educandário. Segundo ele, o local foi isolado porque parte da marquise do prédio está solta e pode acabar caindo resíduos nos alunos e professores.


A diretora da escola, Silvana Camponogara Cabrera, disse à reportagem que já acionou um prestador de serviço para realizar o conserto o que só não ocorreu em virtude do tempo chuvoso. Ela complementou informando que um engenheiro avaliou o problema e concluiu que uma viga que dá sustentação à marquise se soltou da estrutura. Entretanto, não há risco de desabamento. Silvana frisou que a área foi isolada apenas por segurança para evitar riscos.


Por precaução, a diretora determinou que a entrada e saída dos alunos seja realizada pelo lado oposto do prédio, isso porque nos próximos dias os trabalhadores irão montar andaimes para procederem o conserto.

606 visualizações0 comentário