Em Bagé, Polícia Civil prende indivíduo por crime de maus-tratos a animais


Fotos: Polícia Civil / 1° Delegacia de Polícia de Bagé

Na manhã desta quarta-feira (1°), a Polícia Civil, por intermédio da 1ª Delegacia de Polícia de Bagé – Cartório de Crimes Ambientais, cumpriu mandado de busca e apreensão na residência de suspeito de praticar maus-tratos a animais.


Em razão das fundadas suspeitas, a autoridade policial titular da 1ª DP, delegado Guilherme Fagundes Nunes, representou pela expedição de mandado de busca e apreensão, o qual restou deferido pelo Poder Judiciário.


Durante o cumprimento do mandado, foram encontrados no local cães em situação de maus-tratos, vivendo em local insalubre. Um deles, uma fêmea da raça galgo, foi encontrada morta, com nítidos sinais de maus-tratos. Outro cão em péssimo estado foi recolhido.

O suspeito, que já tem passagens por crimes de caça e pesca ilegal, costumava utilizar os cães em caçadas e não dava os cuidados básicos aos animais. Em razão da grave situação, o indivíduo foi preso em flagrante, devendo ser recolhido ao Presídio Regional de Bagé após os trâmites legais.


A policial responsável pelo cartório dos crimes ambientais, Patrícia Coradini, ressaltou que as denúncias de maus-tratos têm sido cada vez mais frequentes, mas a atuação policial continua sendo firme, ocasionando inclusive prisões como a de hoje, devendo haver conscientização das pessoas sobre a necessidade de tratar dos animais que possuem.

As investigações irão finalizar-se no prazo legal, com a remessa do procedimento policial ao Poder Judiciário.







266 visualizações0 comentário