Dom Pedrito representado na 20ª Marcha Anual da Resistência da ABCCC


Foto: divulgação

Teve início no sábado (18) a etapa de Quaraí, pertencente a 20ª Marcha Anual de Resistência da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). O evento, que é realizado pela Associação Quaraiense de Criadores de Cavalos Crioulos, soma 35 conjuntos participantes, que percorrerão 750 km de percurso, ao longo de 15 dias de prova.


O trajeto começou pelas ruas de Quaraí e, logo após, se estendeu até o interior, somando a coragem e o empenho dos competidores e seus animais, com a beleza dos campos do sul, pintada nesta época com a geada e os toques do inverno.


O município de Dom Pedrito está presente neste importante movimento da Raça Crioula, representado pelos ginetes Henrique do Amaral Kummer, Gabriel Alano Pereira, Adriana Pires Neves, Luís Fernando Leon Pereira, Rogério Severo Gomes, Luís Alberto Leon Pereira e Sarah Cuthbertson.


Um detalhe interessante, é que Sarah é canadense e está fazendo parte do grupo de Dom Pedrito, através de um projeto liderado pela equipe da professora da Unipampa Adriana Pires Neves. O projeto visa oferecer, ao menos, um cavalo para estrangeiros que queiram conhecer e participar da Marcha de Resistência.


“Sarah tinha um desejo antigo de fazer parte da competição, mas devido a pandemia da Covid-19, sua vinda necessitou ser adiada. Agora, com um cenário melhor, pudemos trazê-la e, logo na chegada, já procuramos apresentar a ela os costumes daqui e nossas tradições, seja na pilcha, na culinária ou nas demais características do povo gaúcho”, frisou Adriana.

198 visualizações0 comentário