Correspondente bancário é vítima de estelionato



O crime ocorreu no dia 7 de dezembro, mas só foi registrado nesta quarta-feira (22). Conforme boletim de ocorrência, o proprietário de um correspondente bancário foi até a Delegacia de Polícia para registrar que sua filha, responsável pela empresa, no dia dos fatos, recebeu uma ligação através do telefone fixo da empresa em que um indivíduo se identificou como representante da instituição bancária para a qual a empresa presta serviços. O interlocutor solicitou algumas informações da empresa para que fosse atualizado o cadastro, bem como, limites para pagamentos e o software da máquina de pagamentos.


A moça. sem desconfiar de nada, atendeu aos pedidos do suposto "atendente" e forneceu os dados. O golpista solicitou que fossem feitos dois depósitos no valor de R$ 500,00 como forma de teste, sendo que depois de uma hora e meia ela poderia ir até a agência bancária e comprovar a efetivação do procedimento. Ao chegar na instituição, a vítima foi informada que se tratava de um golpe e, devido ao horário, não seria possível estornar o valor. O fato foi registrado como estelionato.

884 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo