Após dano na rede elétrica e início de incêndio, rápida ação evita que fogo se alastre



A região vem sofrendo com incêndios em vegetação que estão consumindo vários hectares, deixando prejuízos em lavouras e animais mortos. Conforme o Corpo de Bombeiros, diversas localidades já registraram ocorrências do gênero. Neste final de semana, um incêndio de grandes proporções entre Santana do Livramento e Dom Pedrito matou animais, consumiu grande área e reuniu esforços entre Bombeiros dos dois municípios para tentar controlar as chamas.


O clima tórrido, a falta de chuvas e a vegetação seca favorecem os incêndios.


Já neste domingo, o proprietário de uma estância localizada no 2º Subdistrito de Lavras chegava ao local quando se deparou com um foco de incêndio que, por pouco, não se alastrou. O fio da rede elétrica foi rompido pelo vento, ao ter contato com a vegetação seca, o fogo começou, mas rapidamente foi contido pelo proprietário e pelos funcionários do estabelecimento rural. Dado o contexto, poderia ter ocorrido outro incêndio de grandes proporções.


Chama atenção, novamente, a dificuldade de contato com a CEEE Equatorial, pois já foram feitas solicitações para providenciar o conserto na rede, mas até a publicação desta matéria, o fio continuava caído.



499 visualizações0 comentário