8 de abril de 2019

Família é rendida por assaltantes e deixada atada dentro do banheiro em Hulha Negra

Um homem de 55 anos, morador no assentamento rural Santa Elmira, em Hulha Negra, teve o estabelecimento comercial atacado por criminosos. 

Segundo o boletim de ocorrência, a vítima possui um mercadinho ao lado da residência. Consta que, por volta das 23h30, do dia dos fatos, um jovem, que já teria ido no dia anterior no estabelecimento, gritou na frente da casa e pediu uma garrafa de refrigerante. Porém, quando o proprietário retornou com a mercadoria, teria sido surpreendido por dois indivíduos armados com revólveres. Conforme o boletim de ocorrência, eles entraram na casa, ataram a vítima e colocaram um saco na sua cabeça.

Logo após, teriam atado e colocado saco na cabeça da esposa e na neta do comerciante. Em seguida, teriam começado a revirar a casa. Além dos primeiros assaltantes, o comunicante relata que mais uns três indivíduos entraram na residência e ameaçavam as vítimas.

O proprietário foi chutado pelos criminosos que pediam dinheiro e diziam que o comerciante teria uma pistola e que eles queriam. Levaram R$ 300, um revólver calibre .38, uma espingarda calibre .28, uma motocicleta e um veículo.

Os criminosos ficaram cerca de 40 minutos dentro da casa, carregando os pertences e fazendo ameaças. Depois levaram as vítimas para o banheiro e deixaram encerrados. Após um tempo, a família começou a gritar e pedir socorro. O proprietário conseguiu se soltar e arrombar a porta.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento (DPPA) e será investigado pela Delegacia de Polícia de Candiota.

As informações são do jornal Folha do Sul. 

Um comentário:

Em "Comentar como:"
Você pode comentar como "Anônimo"

Copyright © FOLHA DA CIDADE | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top